Originário da Ilha de Jersey, situada no Canal da Mancha, entre a Inglaterra e a França, o gado da raça Jersey é excelente produtor de leite, com percentuais altos de proteína, gordura e sais minerais, os chamados sólidos.

De porte médio e compleição robusta, esses animais apresentam um alto grau de fertilidade, conversão alimentar e grande longevidade. Essas características, associadas a uma grande docilidade e fácil adaptação a ambientes com climas e topografias variados, permitiram que o Jersey se espalhasse pelo mundo. Atualmente, o rebanho mundial de gado Jersey é de aproximadamente 10 milhões de cabeças.

Os primeiros Jerseys chegaram ao Brasil a partir da segunda metade do Século XIX, no Rio Grande do Sul, pelo diplomata e pecuarista Joaquim Francisco de Assis Brasil.

A partir do Rio Grande do Sul o Jersey foi se expandindo para outros estados brasileiros e a raça foi finalmente oficializada no país em 1930, pelo Ministério da Agricultura.

Em 1938 foi criada no Rio de Janeiro a primeira associação nacional de criadores de Jersey, a Associação de Criadores de Gado Jersey do Brasil, atualmente sediada em São Paulo Capital.

O leite do gado Jersey tem sabor incomparável por causa do alto teor de sólidos, principalmente de gordura. É  este alto teor de sólidos que dá ao leite Jersey maior rendimento na fabricação de laticínios. Esta diferença fica bastante significativa se comparados esses números com os da raça holandesa.

É por isto que nos grandes currais de produtores de leite nos Estados Unidos há sempre um percentual de vacas Jersey para melhorar a qualidade do leite no que diz respeito aos sólidos, que lá são remunerados a contento do produtor, há muito tempo, enquanto que aqui no Brasil estamos começando a nos beneficiar com esta prática.

A gordura que aparece no leite também está na carne, levando as grandes cadeias de fast-food a exigir em suas encomendas um percentual de sangue que forneça esta carne “marmorizada”, que tem muito mais sabor.

A Fazenda Cananéia, segundo especialistas no assunto, recebe uma das melhores remunerações vistas, por seu produto, sendo atribuído este fato à qualidade do leite produzido: LEITE JERSEY com excelência na produção!