Fazenda CananéiaObservando-se a topografia, a área da Fazenda Cananéia compõe-se de 3 elevações do tipo meia laranja.

Na primeira, fica o curral com 3000m² que abriga escritórios, 2 suítes (para técnicos visitantes), sanitários feminino e masculino para empregados, refeitório, garagens, depósitos, celeiro, auditório, sala de leite, sala de ordenha, 2 baias para touros, 8 baias para tratamento especial, 3 currais de espera, 2 currais para tratamento veterinário, e finalmente 208 baias tie-stall.

Os outros dois chapadões são usadas para o plantio de milho e juntamente com as várzeas (10 ha) perfazem 43ha para plantio da safra de verão, 30ha irrigados que propiciam o plantio da safrinha e os cultivos de inverno – aveia e azevém.

Nas saias destas elevações temos piquetes de 1ha cada, para pastejo, cobertos por braquiária decumbes.

AçudeDois riachos se encontram na Cananéia  (talvez daí o nome da propriedade, fazendo referência a terra de Canaã) e correm para o grande Paraíba do Sul. Temos ainda 10 açudes.

A água dos  riachos é usada apenas para irrigação. A dos açudes para limpeza do piso do curral.

Para as demais instalações é usada a água de poço artesiano, coletada uma vez por mês para exame.

GadoNosso plantel vem sendo selecionado desde 1988,  baseado em genética canadense, objetivando a produção de leite e de sólidos. Nossas vacas têm bons úberes, boas pernas e estatura elevada.

As nossas jersolandas meio-sangue têm apresentado teor de sólidos no leite, estatura e  produção, com índices médios entre as duas raças. Belo animal de porte médio, de boa conformação de úbere e pernas.

Todos os animais são registrados na Associação de Criadores de Gado Jersey do Brasil, assim como  filhas, netas, puras ou mestiças.

  • Ordenha
  • Alimentação com sistema robotizado OPTIMAT
  • Processo de silagem do milho
  • Processamento de dejetos
  • Sistema CALF FEEDER de alimentação de bezerros
As vacas no leite chegam ao curral às 5:30h da manhã e são ordenhadas às 6h, em ordenhadeira espinha de peixe DeLaval 2x6x12 computadorizada, indo depois para as camas onde ficam até a segunda ordenha às 15h (17h no horário de verão). Feita a segunda ordenha vão para piquetes especiais em várzea, onde passam a noite.

Nas baias as vacas em grupos são alimentadas por sistema completamente automatizado que trabalha com dieta específica para cada um desses grupos e distribuição feita por vagão robotizado,  com  equipamento  chamado OPTIMAT.

O volumoso usado é a silagem de milho, eventualmente complementada por culturas de inverno, aveia ou azevém

Na  limpeza do curral, os dejetos são dissolvidos,  recolhidos em tanque próprio e bombeados para um separador de fases; o liquido é enviado para o biodigestor e o material sólido, para a compostagem. Tudo acaba nas roças da própria fazenda.

Os bezerros são criados em sistema CALF FEEDER,  com capacidade para 50 animais, que fornece leite e concentrado de forma automatizada e computadorizada durante 24h.

Na lavoura No curral Equipamento de conforto animal
  • 6 Tratores, sendo 1 Jonh Deere,  4 New Holand e 1 microtrator.
  • 1 Plantadeira de Plantio Direto Pneumática de 3 linhas da Jumil
  • 1 Ensiladeira Pecus 9004
  • 1 Ensiladeira Pecus 9004 Geração IV com quebrador de grãos
  • 1 Subsolador com distribuidor de sementes e destorroador Stara Laser KS1500
  • 3 Vagões Forrageiros de 10m3
  • 1 Pulverizador de barra com marcador de linha
  • 1 Roçadeira com embreagem 1,80m
  • 1 Adubador de Cobertura
  • 1 Distribuidor de Calcário
  • 1 Carretel de Irrigação Metallavras 75/300
  • 1 Conjunto Motobomba motor MWM 90 cv 6 cil, bomba KSB 100/4
  • 1 Conjunto Motobomba Schneider BCA- 43 20cv trifásico
  • 1 Silo Press BOELDER 5″
  • 1 Ordenha espinha de peixe 2x6x12, computadorizada.
  • 2 Tanques de resfriamento de 3200 l.
  • 1 Tanque de resfriamento de 6000 l.
  • 1 Vagão Total Mix DeLaval.
  • 1 Alimentador Automático OPTIMAT mod. Master com robot.
  • 2 Alimentadores automáticos de bezerros Calf Feeder, com capacidade para 50 cabeças.
  • 2 Antenas para medição de atividade (cio).
  • Piso de borracha nas baias e currais de espera
  • Bebedouros para cada 2 baias
  • Ventiladores com aspersores de água
  • Cortinas de tela para proteção do sol

  • 3 homens no curral
  • 1 homem na manutenção
  • 1 chefe de curral
  • 2 ordenhadeiras
  • 1 homem na plantação
  • 1 secretária

Gestor

  • Edinaldo da Silva Bezerra (Prof. UFRRJ)

Veterinário:

  • Sérgio Cordeiro

Zootecnista:

  • Milton Queiroz Salles

Consultor para acasalamentos:

  • Luiz Carlos Cairo
 

Vista aérea da fazendaAltitude: cerca de 550m

Área total: 140ha

Área de pastejo: 76ha

Área de plantio: 43ha (sendo 30 ha irrigados)

Área para reflorestamento: 9ha

Média das temperaturas mais altas: 28,8ºC

Média das temperaturas mais baixas: 17,4ºC

Vista aérea da fazendaO cuidado com o meio ambiente sempre foi preocupação na Fazenda Cananéia.

Em um primeiro projeto, todos os dejetos do curral eram coletados em tanque próprio sendo usados diariamente na irrigação dos piquetes de pastejo (FERTI IRRIGAÇÃO), conforme projeto do Eng. Agrônomo José Nestor de Souza, da EMATER RIO.

Hoje,  em equipamento especialmente projetado pelo Prof. Dr. Anderson Cardoso Sakuma, do Paraná, instalado  a 50m do galpão e em plano mais baixo, é separado o líquido do sólido. O líquido vai para o biodigestor e o sólido para a compostagem. Todo esse material é distribuído nas áreas de plantio.

As cercas elétricas dos piquetes são alimentadas com energia solar, assim como o sistema de aquecimento de água da sede.

A fazenda tem 9 ha de área remanescente de Mata Atlântica a ser preservada e reflorestada.

Participa do PROJETO DE PROTEÇÃO DO RIO ALEGRE da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Vassouras.